Próxima Geração de APUs AMD Já Está Pronta

A AMD já está prestes a lançar a linha de APUs que vai substituir os chips da família Trinity. Os processadores Richland — que é como deverá se chamar a nova linha de produtos — tem muito em comum com os modelos anteriores, mas dão um show de desempenho.

Tabela

Isso porque a próxima geração de processadores Fusion da AMD é composta por até quatro núcleos Piledriver e traz gráficos AMD Radeon HD integrados. Como a microarquitetura dos processadores Richland é quase a mesma da família anterior, alguns veículos especializados estão chamando os novos modelos de “Trinity 2.0”.

Entretanto, as novas APUs são capazes de rodar com clocks muito mais altos com o mesmo consumo energético de antes e os processadores gráficos foram substituídos por modelos Radeon HD 8000.

Com um controlador de memória DDR-3-2133 MHz trabalhando em modo dual-channel, a família Richland consegue se destacar e oferecer ainda mais desempenho.

Controle por gestos

A AMD deve incluir uma série de softwares dedicados nas máquinas que utilizarem as novas APUs da família Richland. Entre os aplicativos escolhidos, será possível encontrar utilitários para o reconhecimento de gestos, reconhecimento facial, conectividade wireless e streaming de vídeo.

A nova família de processadores já começou a ser enviada para os fabricantes, e as máquinas movidas pelas novas APUs AMD devem chegar ao mercado no terceiro trimestre de 2013.

Uma ótima novidade presente nos novos modelos é a tecnologia AMD Screen Mirror, com a qual é possível enviar o conteúdo do PC para a televisão sem dificuldades. O recurso é compatível com dispositivos que utilizam a tecnologia DLNA, ou seja, tudo através de uma rede sem fio.

Jogos de última geração sem placa de vídeo?

As APUs da AMD não são exatamente desenvolvidas para se rodar games pesados. No entanto, os chips não decepcionam e fazem bonito mesmo com aplicativos exigentes, como é o caso do game Sleeping Dogs. No vídeo abaixo é possível conferir os testes que o pessoal do Engadget fez com os processadores Trinity A10-5800K, a geração anterior.

Se a geração anterior já era capaz de fazer isso, já imaginou o que a família Richland de APUs será capaz de fazer com gráficos Radeon HD 8000 e clocks mais altos?

Fonte: TechMundo

Esse post foi publicado em Notícias e marcado , . Guardar link permanente.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s